FAIL (the browser should render some flash content, not this).
 
Bloco PAMA3
 
Localização: Atlântico Equatorial (1.5°N e 45°W)
Oceanografia: Dominada pela Corrente Norte do Brasil atinge frequentemente 150-
200 cm/s acima da termoclina. Os ventos são dominados pela ZCIT.
A VM realizou um estudo de 5 anos de dados altimétricos Multi-satélite (T/P e ERS-
2), usando uma generalização da fórmula geostrófica que não apresenta a tradicional
descontinuidade no Equador (ver Vianna & Menezes (2003)). Região dominada por variabilidades intra-sazonais apresentando picos de corrente de mais de 150 cm/s. Dois anos de dados altimétricos de alt. sig.
de ondas caracterizam um ciclo sazonal de ondas na região
 
Bloco BC-10

Localização: Bacia de Campos (21°S e 40°S)
Oceanografia: Escalas de variabilidade pouco conhecidas. Maioria dos autores parte do princípio de que existe uma
corrente semipermanente de contorno oeste, a Corrente do Brasil. Estudos atuais tem
mostrado que esta região é dominada por vórtices.
Estudo realizado pela VM baseado em 2 anos de dados altimétricos Multi-Satélite
(JAS, GFO e ENVISAT), res. 14 Km, mostrou que a banda intra-sazonal explica 70% variância e os principais períodos são 17.6, 22 e 36 dias. Outra faixa importante é a interanual que explica 20.7%
 
Informações

 

Cliente: Pro Oceano LTDA
 
Periodo: 2005 e 2006
 
Assunto: Correntes Geostróficas, Ondas, Ventos, Altimetria Multi-Satélite
 
Apoio para EIA-RIMA: Estudos dos Campos de Circulação, Ventos e Ondas em Áreas Adjacentes aos Blocos BC-10, Pama-3 e BM-J-2

Durante os anos de 2005 e 2006, a Pro-Oceano solicitou a VM relatórios sobre as estruturas de meso-escala e variabilidade espaço-temporal das correntes detectadas por dados altimétricos, bem como da altura significativa de ondas e ventos, adjacentes a certos Blocos, para apoio aos relatórios ligados ao licenciamento ambiental da Pro-Oceano

 

 

 

 
 
Soluções Inovadoras em um Ambiente Caótico Home | Serviços & Produtos  | Soluções | Publicações | Equipe